UNICEF e AVSI anunciam vencedores de concurso de campanha educativa em seis cidades do semiárido pernambucano

Projeto implementado pela AVSI Brasil mobilizou mais de 8.700 alunos com ações educativas em 53 escolas da rede pública em Lagoa dos Gatos, Ouricuri, Itaúba, Araripina, Bodocó e Cumaru

Entre os dias 14 e 21 de junho, cada município sediará os eventos de culminância onde serão anunciados os primeiros lugares nas categorias de post para rede social, vídeo, pôster educativo e história em quadrinhos. Fruto do projeto “Escolas Saudáveis e Sustentáveis, Amigas de Meninas e Meninos Pernambucanos”.

O concurso Escolas Saudáveis e Sustentáveis conta com o engajamento de 325 estudantes do 6º ao 9º ano do ensino fundamental de 53 escolas. Ao todo, 169 professores e profissionais de educação incentivaram alunos(as) de seis municípios a produzirem e enviarem 124 trabalhos criativos e educativos.

Todos os estudantes receberam certificados de participação, e os primeiros lugares de cada categoria terão seus trabalhos divulgados nos principais canais da Associação Voluntários para o Serviço Internacional Brasil (AVSI Brasil). Além disso, a escola do grupo ou aluno(a) vencedor(a) será premiada com um computador, com o objetivo de incentivar a criatividade dos estudantes e promover um ambiente escolar inclusivo.

Hillary Souza, de 11 anos, aluna da escola Maria do Conceição Bezerra, em Cumaru, destacou os principais aprendizados a partir das oficinas educativas sobre dignidade menstrual. “Uma das coisas que eu aprendi foi que os meninos podem ajudar quando a gente está nesse ciclo e que nós, meninas, não precisamos sentir vergonha porque isso é normal”, disse.

Além de organizar o evento, funcionários das cidades e da Secretaria de Educação participaram da mesa do evento, destacando o valor da iniciativa conjunta e a inspiração proporcionada pela parceria.

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) foi representado por Matheus Passos, especialista em Água, Saneamento e Higiene do Selo UNICEF e a AVSI Brasil por Tatiana Belo, gerente do projeto, e Clarissa Sacramento, oficial socioambiental.

O projeto também capacitou 253 gestores e funcionários públicos sobre o uso, manutenção e higienização de cisternas e caixas d’água. Também foram realizadas melhorias na infraestrutura escolar, incluindo aquisição, instalação e melhorias das cisternas e sistemas para captação de água de chuvas, reformas em banheiros, além da doação de 800 litros de cloro, impactando diretamente 164 escolas no total.

Temas como água, higiene e saúde menstrual foram centrais na iniciativa. Mais de 5 mil meninas receberam kits com absorventes e uma cartilha desenvolvida pelo UNICEF, com informações sobre pobreza menstrual e menstruação com meninos.

Resultado de nove meses de atividades, a parceria entre o UNICEF, AVSI Brasil e a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias fortaleceu a infraestrutura escolar, capacitou profissionais, incentivou o protagonismo dos estudantes e demonstrou o valor de parcerias intersetoriais para um ambiente escolar mais saudável e consciente.

Serviço: Projeto Escolas Saudáveis e Sustentáveis executado nas cidades de Cumaru, Lagoa dos Gatos, Itaíba, Ouricuri, Bodocó e Araripina, com evento de culminância e premiação para os alunos vencedores entre os dias 14 a 21 de junho.

14/06
Lagoa dos Gatos, às 13h
Local: Câmara dos Vereadores – R. do Comércio, 81.

17/06
Cumaru, às 14h
Local: Centro de Convivência de Idosos – R. Projetada, Centro.

18/06
Itaíba, às 14h
Local: Auditório da Escola Eva Maria Moumesso – Nas intermediações da R. Rio Branco.

20/06
Araripina, às 9h
Local: Auditório da Escola Municipal Professora Maria Luzanira Muniz Ramos – R. Ana Ramos Lacerda, Centro.

21/06
Bodocó, às 10h
Local: Centro de Convivência de Idosos – Avenida Castelo Branco, 78, Centro.

21/06
Ouricuri, às 14h
Local: Auditório do SINDSEP, R. Oscar Lins, 244 – Centro, Ouricuri – PE, 56200-000.

Verifique também

Nota da Compesa sobre serviços emergencial em Lagoa Grande e Izacolândia

A Compesa informa que na manhã de hoje (20), foi identificada a necessidade de manutenção …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *