Suspeito de estuprar filhas de 11 e 13 anos em Arapiraca é preso no interior de Pernambuco

A Polícia Civil de Alagoas prendeu um homem de 51 anos suspeito de estuprar as duas filhas na cidade de Arapiraca, na região Agreste. A prisão aconteceu na última quarta-feira (3), no Sítio Santa Rita, localizado cidade de Jupi, no interior de Pernambuco.

De acordo com as investigações, os crimes ocorrem há quatro anos, quando as vítimas tinham 11 e 13 anos de idade na época do crime.

De acordo com o delegado Sidney Tenório, que coordenou a equipe do Núcleo de Investigação Especial (Niesp) da Polícia Civil de Alagoas, o suspeito estava foragido desde 2019, época em que o crime foi realizado.

“O acusado negou a prática do crime, disse acreditar que não seria mais descoberto pela polícia e buscou jogar a culpa das acusações na sua ex-companheira, sendo que o inquérito policial na época foi robustecido de provas testemunhais e técnicas, que comprovaram os abusos sexuais, ocorridos de forma reiterada”, disse o delegado.

O chefe de operações Welber Cardoso explica que as investigações apontam que os abusos sexuais ocorreram durante anos, até as meninas se revoltarem e contar o caso para a mãe delas. A mãe das vítimas, por sua vez, percebeu a mudança de comportamento por parte das crianças e do pai delas.

Após a denúncia das crianças o suspeito fugiu para Pernambuco, fixando residência em Jupi, a terra natal dele. Na cidade, ele montou outra família e trabalhava como pedreiro. Segundo a Polícia Civil a prisão chocou a pequena comunidade.

O preso foi transferido para a Central de Polícia de Arapiraca, onde aguarda ser submetido à audiência de custódia, para depois ser removido ao sistema prisional de Alagoas.  |g1|

Verifique também

Homem esfaqueia irmã no pescoço em discussão por causa de casa herdada pela vítima: ‘Quase me degolou na frente do meu filho’

Uma mulher foi esfaqueada pelo próprio irmão durante uma discussão sobre uma casa herdada pela …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *