Raquel Lyra com seu jeito mulher de governar tem incomodado muita gente

O ex-governador Paulo Câmara (PSB), foi no mínimo desrespeitoso quando não compareceu a eventos com a presença da então presidente Dilma Rousseff no Estado de Pernambuco. Rousseff esteve no Sertão do Estado no ano da campanha de reeleição em 2014, também próximo a sofrer o impeachment em 2016 e em ambas as visitas o então governador Paulo Câmara não compareceu.

Com comportamento bem diferente de seu antecessor, a governadora Raquel Lyra faz questão de recepcionar o presidente Lula em suas visitas ao Estado. Não importa se o ato é de iniciativa de um município, a governadora ali representa institucionalmente a todos os pernambucanos. Demonstração clara e inequívoca, de que está a altura do cargo que ocupa pela vontade absoluta da maioria dos pernambucanos.

Raquel demonstra ser totalmente diferente de muitos políticos de Pernambuco, independentemente de posicionamento em disputas eleitorais, tem grandeza em reconhecer feitos que beneficiam a população do Estado que ela governa. Com certeza esse jeito diferente e de grandeza inconteste na política, vem causando incômodo em especial aos acostumados com modelos aplicados em governos do passado, que era pura falsidade.

Como sempre, o Presidente enxerga além do que seus olhos alcançam e sem dúvida alguma, tem percebido que em Raquel ele contará com absoluta lealdade. O presidente já viu em Raquel Lyra uma forte aliada para 2026, mesmo com a possibilidade de palanque duplo no Estado. Lula ainda reconhece o esforço de Raquel para fazer um governo sério, por essa razão ele sabe que contará com apoio de quem zela pelos interesses do povo de seu Estado.

Verifique também

No município de Jatobá, Republicanos homologa candidatura de Rogério Ferreira

No sábado (20), depois de passar por Caruaru, Betânia e Petrolândia, o ministro de Portos …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *