HU-Univasf realiza 1º Simpósio sobre Dengue

Evento discutirá diagnóstico, tratamento e medidas de prevenção para doença que já atinge a 6,1 milhões de brasileiros

O Hospital Universitário da Universidade Federal do Vale do São Francisco (HU-Univasf), vinculado à Rede Ebserh, realizará no dia 3 de julho, das 8h às 13h, no Auditório da Biblioteca da Univasf, o 1º Simpósio sobre Dengue: Diagnóstico, Tratamento e Medidas de Prevenção. O HU é um dos pontos de referência no tratamento da Dengue na região, em conjunto com a UPA 24h e Unidades Básicas de Saúde.

O Simpósio, organizado pela equipe da Gerência de Ensino, Pesquisa e Inovação do hospital, é direcionado a médicos e enfermeiros da Rede de Saúde da VIII Gerência Regional de Saúde de Pernambuco (VIII Geres) e profissionais de saúde do HU-Univasf, e tem como objetivo atualizar profissionais da rede de atenção à saúde sobre o manejo do paciente com Dengue, integrando diversas esferas do conhecimento em saúde coletiva.

Ao todo, estão ofertadas 120 vagas, sendo 60 para Petrolina, 40 para os demais municípios dessa Regional e 20 para profissionais do HU-Univasf. Para participar do evento é necessário realizar a inscrição até hoje28 de junho, através do formulário eletrônico: https://bit.ly/simpdengue.

A chefe do Setor de Gestão e Ensino, Luciana Mendes, explica que a motivação para realização do simpósio surgiu a partir da construção do Plano de Contingência da Dengue, no início desse ano. “Percebeu-se a importância de manter profissionais, residentes e estudantes atualizados sobre o cuidado e sobre os fluxos assistenciais da rede de saúde”, disse.

O evento contará com palestras ministradas pelo médico infectologista Samuel Ricarte e pela enfermeira Raquel Loura, ambos do HU-Univasf, de representantes da Secretaria Municipal de Saúde de Petrolina e da VIII Geres, regional de saúde que abrange os municípios pernambucanos de Afrânio, Cabrobó, Dormentes, Lagoa Grande, Orocó, Petrolina e Santa Maria da Boa Vista, totalizando cerca de 475 mil habitantes.

Sobre a Dengue

De acordo com dados do Painel de Monitoramento das Arboviroses do Ministério da Saúde, até 27 de junho de 2024, o Brasil registrou 6.148.161 casos prováveis de Dengue. Na região Nordeste, Pernambuco é o segundo estado com o maior número de casos prováveis da doença, já são mais de 26 mil.

A dengue é uma doença viral causada pelo vírus (DENV) do gênero Flavivirus, família Flaviviridae. Com quatro sorotipos diferentes – DENV1, DENV2, DENV3 e DENV4 – , a principal forma de transmissão é pela picada da fêmea infectada do mosquito Aedes aegypti. Outras formas menos comuns incluem transfusão de sangue e transmissão de gestante para bebê. É importante ressaltar que não há contágio por contato direto com pessoa doente.

Sobre a Ebserh: O HU-Univasf faz parte da Rede Ebserh desde 2015. Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Ebserh foi criada em 2011 e, atualmente, administra 45 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência. Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) ao mesmo tempo que apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas e inovação.

Verifique também

Raquel Lyra em alta na disputa pela prefeitura de Ipubi; os três concorrentes integram a base da governadora

A governadora de Pernambuco, Raquel Lyra (PSDB), vive momento excepcional na cidade de Ipubi. Os …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *