Estão abertas as inscrições para o 10º Fórum de Mobilização Antimanicomial; submissão de trabalhos segue até o dia 31 de julho

Nos dias 25, 26 e 27 de setembro de 2024 acontecerá o 10º Fórum de Mobilização Antimanicomial, 6ª Mostra de Atenção Psicossocial e 1º Encontro Nacional do Cuidado em Liberdade no Complexo Multieventos da Univasf – Campus Juazeiro. As inscrições estão abertas e podem ser feitas através do link: https://l1nq.com/inscricoes-10-forum-antimanicomial.

O prazo para submissão de trabalhos de pesquisa e extensão realizados na atenção psicossocial vai até o dia 31 de julho. A taxa para submissão é fixa de 7,00, cobrada pela plataforma.

Com o tema “Cuidar em liberdade: uma luta de muitas gentes/frentes”, na perspectiva de avançar na construção de uma sociedade sem manicômios, o evento é uma realização do Núcleo de Mobilização Antimanicomial (NUMANS), em conjunto com a Residência Multiprofissional de Saúde Mental da Universidade Federal do Vale do São Francisco (RMSM) e a Liga Interdisciplinar Antimanicomial do Sertão (LIAMS), e conta com apoio da Rede Nacional Internúcleo da Luta Antimanicomial (RENILA), Núcleo de Acessibilidade e Inclusão da Univasf (NAI), Residência Multiprofissional em Saúde da Família e Vigilância em Saúde, PET-Saúde Equidade, Prefeitura Municipal de Juazeiro e Prefeitura Municipal de Petrolina.

“Desde 2009, o Fórum de Mobilização Antimanicomial/FMA do Sertão do Submédio São Francisco tem mobilizado usuárias/os/es, familiares e profissionais das Redes de Atenção Psicossocial/RAPS, discentes, docentes, atores de diversos setores e segmentos sociais, com o intuito de aproximar a sociedade sertaneja do debate sobre a produção do cuidado em Saúde Mental, no contexto da Reforma Psiquiátrica e da Luta Antimanicomial, em nível nacional e, sobretudo, regionalmente”, contam os organizadores.

O coletivo defende o compromisso com a Política Nacional de Saúde Mental tecida no seio do processo de Reforma Psiquiátrica, que ainda está em curso no país, sendo inúmeras as disputas a serem travadas na contemporaneidade.

“Considera-se que, para pôr fim aos manicômios, é fundamental fortalecer serviços territoriais da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS), investir nas articulações intersetoriais, apostar na reorientação da formação de profissionais de saúde, diversificar as estratégias de mobilização social e alianças afetivas, de modo a pautar, defender e operar o cuidado em liberdade, premissa fundamental da Luta Antimanicomial”, sustenta o movimento.

“O convite é feito, com alegria e entusiasmo, a todas as parcerias de movimento e luta, agentes do cuidado, usuários do SUS, familiares, estudantes e pessoas interessadas, para sonhar e construir juntos a transformação dessa proposta em realidade através da discussão e aprendizado em um ambiente democrático e com respeito à diversidade. Em conjunto, bradamos: ‘Manicômio nunca mais!'”

Serviço: 10º Fórum de Mobilização Antimanicomial, 6ª Mostra de Atenção Psicossocial e 1º Encontro Nacional do Cuidado em Liberdade
Complexo Multieventos da Univasf – Campus Juazeiro
25, 26 e 27 de setembro de 2024
Inscrições e submissão de trabalhos: https://l1nq.com/inscricoes-10-forum-antimanicomial.

Ascom – NUMANS

Verifique também

Últimas vagas para o V Seminário de Gestão e inovação empresarial; o evento será no próximo dia 31 em Petrolina-PE

No próximo dia 31 de julho, Petrolina-PE sediará a 5ª edição do Seminário de Gestão …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *