“Posição tacanha. Leva nossa capital para o isolamento”, diz Éden sobre ausência de Bruno Reis em evento de Lula

O presidente do Partido dos Trabalhadores da Bahia, Éden Valadares, criticou nesta segunda-feira (1º), a ausência do prefeito de Salvador, Bruno Reis, do União Brasil, na cerimônia de anúncios feitos pelo presidente Lula e pelo governador Jerônimo Rodrigues, na Arena Fonte Nova, em Salvador, de um conjunto de obras, com autorização de licitações, ordens de serviço e novos anúncios de investimentos que alcançarão municípios de todo o Estado.

“Postura tacanha. O presidente Lula e o governador Jerônimo anunciaram importantes e gigantescos investimentos que não são para esse ou aquele partido, mas sim para toda a Bahia e para Salvador. O prefeito não pode colocar as diferenças políticas de lado, por duas ou três horas, e prestigiar o anúncio destes investimentos?”, questionou Éden.

O dirigente petista disse ainda que esse é um dos grandes problemas que Salvador enfrenta: “O grupo político do ex e do atual prefeito leva nossa capital para o isolamento, não aproveita a parceria com a Bahia e o Brasil, perde muitas oportunidades. Salvador ainda tem grandes desafios e como diz a canção, ‘um mais um é sempre mais que dois”.

Para Éden, a disputa política não deve se sobrepor à gestão. “Em vez de competir ou se ausentar, Salvador precisa de um prefeito que chegue junto, jogue junto, pelo bem de todos e deixe a política para o período das eleições”, concluiu o presidente do PT Bahia.

Ascom PT Bahia

Verifique também

Vermelhou: Frente Popular escolhe Luciara de Nemias e Paulino para prefeitura de custódia

Estão definidos os nomes que representarão a Frente Popular de Custódia, formada pelos partidos PSB, …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *